A Maldição do Tigre – Colleen Houck


Kelsey Hayes perdeu seus pais e mora com seus tutores, ela precisa arrumar um emprego para que possa pagar a faculdade, já que ela não aguenta mais “incomodar” seus tutores com coisas de sua vida. Ela acha um anúncio de um Circo que precisa de alguém para cuidar de um tigre por duas semanas, apesar de não estar muito confiante de que vai saber lidar com o felino ela decide aceitar o emprego. Por incrível que pareça o tigre é extremamente dócil e fácil de lidar, e ela acaba ficando amiga dele no tempo em que passa no circo, o que ela não sabe é que o tigre ao qual ela nomeou carinhosamente de “Ren” é na verdade Dhiren um príncipe indiano aprisionado em forma de tigre há mais de 300 anos.

DSC01148

Depois de alguns acontecimentos ela acaba partindo para a Índia junto do tigre e de seu novo dono o Sr. Kadam que o comprou do Circo. Chegando na Índia eu achei muito boa a descrição dos lugares, e dos costumes feita pela autora, como é um mundo totalmente novo para a maioria dos leitores ela fez um trabalho muito bom, deixando tudo bem explicado. Eu demorei um pouco para começar a ler depois que o comprei, mas depois de poucas páginas a leitura foi fluindo cada vez mais rápido e eu já me sentia parte da história.

Acho que me apaixonar por ele seria como mergulhar em um precipício. Seria ou a melhor coisa que me aconteceria ou o erro mais idiota que eu cometeria. Faria com que minha vida valesse a pena ou com que eu me arrebentasse completamente.

E o que falar de Ren? Apesar de estar preso na forma de tigre na maior parte do tempo, durante 24 minutos do dia ele pode retornar a forma humana, e é assim que ele conta a Kelsey que precisa da ajuda dela para desvendar uma profecia e quebrar a maldição que o atormenta a tanto tempo. Além de ser lindo, jovem, charmoso ele é um doce com a Kelsey, deixando-a sem fôlego na maior parte do tempo, e por isso eu adorei ele, como ele é de outra época ele é todo formal em alguns momentos que chega a ser irritante mas ao mesmo tempo hilário. Apenas achei que em algumas situações, principalmente depois de alguma briga do dois, Kelsey é um pouco idiota, contudo admiro as atitudes dela em ser reservada e não se oferecer, mas ela sempre pensa que Ren merece algo melhor e que ela não é boa o suficiente para ele. Odeio personagens que se menosprezam! Elas tem seu valor e não conseguem enxergar isso!

— Kelsey?
— Sim? – sussurrei.
— Eu queria sua permissão… para beijá-la.

Enfim, o Sr. Kadam acaba se revelando uma ótima companhia e também um antigo amigo de Ren. Ele ajuda muito Kelsey com seus conselhos e com as pesquisas sobre os mitos indianos, e com a administração do dinheiro para custear uma aventura tão grande, o dinheiro de Ren é claro. E a casa na Índia é incrivelmente bonita e espaçosa, eu a imaginei muito bem e até fiquei com vontade de visitá-la. Acho até que por se tratar de uma coleção de sucesso, essa nova saga deveria ganhar uma adaptação para o cinema.

Ele era como uma droga, e o que se faz com as drogas? A gente se afasta o máximo possível delas.

No fim Kelsey amadurece muito durante o livro, e quando você mal pode esperar pelo que vem em seguida, o livro termina, deixando uma vontade louca de comprar o próximo. Aprendi muitas coisas que nem imaginava sobre a Índia e ainda “ganhei” uma coleção nova para ter como favorita, A Maldição do Tigre é imensamente recomendado e um livro que não deve ser deixado de ler.

DSC01128

Editora: Arqueiro

Autor: Colleen Houck

Título Original: Tiger’s Curse