{quote da semana 4}


E se todos os outros aceitassem a mentira imposta pelo Partido – se todos os registros contassem a mentira imposta pelo partido – se todos os registros contassem a mesma história -, a mentira tornava-se história e virava verdade. “Quem controla o passado controla o futuro; quem controla o presente controla o passado”,  rezava o lema do Partido. E com tudo isso o passado, mesmo com sua natureza alterável, jamais fora alterado. Tudo o que fosse verdade agora fora verdade desde sempre, a vida toda. Muito simples. O indivíduo só precisava obter uma série interminável de vitórias sobre a própria memória. “Controle da realidade”, era a designação adotada. Em Novafala: ” duplipensamento”. – George Orwell

{quote da semana 3}


Soberano. Mortal. Perfeito. Essas três palavras, que Cordova usara era um slogan do Blackboards e da própria vida. Soberano: a santidade individual, ver a si mesmo como uma autoridade nobre, poderosa, autossuficiente e que luta por si, afastado da sociedade. Mortal: consciência constante de que sua própria morte é inevitável, o que significa que não há motivo para não ser sedento, agora, por sua vida. Perfeito: a compreensão de que a vida e onde quer que você esteja no presente são absolutamente ideais. Sem arrependimentos, sem culpa, porque, mesmo se estiver preso, isso seria apenas um casulo a romper – libertando a sua vida – Marisha Pessl