No reino de Khorasan o jovem rei, Khalid Ibn Al-Rashid de apenas 18 anos, governa impiedosamente. Considerado um monstro pelos habitantes da cidade que governa, o califa casa-se todos os dias com uma mulher diferente e as degola a cada amanhecer. Quando Shiva, a melhor amiga de Shahrzad se torna mais uma das vítimas fatais do rei, ela decide se candidatar ao posto de noiva, um pretexto para sua busca por vingança.

Noite após noite a garota conta histórias ao rei, entretendo-o até que o amanhecer chegue e assim permanecendo viva amanhecer após amanhecer. Mas ao mesmo tempo que consegue se manter viva, ela também passa a descobrir que o Khalid é completamente diferente do que ela imaginava. O “monstro” é um garoto com um coração atormentado e por mais que Shahrzad tente evitar ela começa a se apaixonar. Ela precisa desvendar os segredos que rodeiam o imenso palácio se quer ter uma chance de conseguir justiça para todas as que morreram antes dela.

– O que você está fazendo comigo, sua praga de garota? – ele sussurrou.

– Se eu sou uma praga, então você deveria manter distância, a não ser que queira ser destruído.

– Não – as mãos dele foram para a cintura dela. – Me destrua.

Eu simplesmente amei esse livro. Fui sugada por ele logo nas primeiras páginas e me vi devorando-o noite a dentro. Eu adorei a Shahrzad, ela é uma personagem forte, determinada, inteligente e linda. Eu também adorei o Khalid, que tem aquela aura de badboy irresistível.

Um ponto muito positivo sobre o livro são as descrições, dos cenários, da comida, das roupas, da atmosfera, de tudo que rodeia e compõe o mundo dos personagens. É tudo muito detalhado e imersivo e isso me fez sentir parte da história. A escrita da autora é maravilhosa, quase poética e me vi marcando inúmeros quotes pelo livro todo.

– Minha alma vê seu igual em você.

Acima de tudo este livro é um romance, e enquanto alguns podem querer descrevê-lo como amor instantâneo eu discordo. Tudo se desenvolveu de forma sutil e ao mesmo tempo com um toque sexy e foi extremamente crível. Eu fui convencida e fisgada e logo já estava torcendo para esse casal improvável. Eles são maravilhosos.

O livro faz parte de uma duologia e ambos os títulos já foram publicados no Brasil, e devo dizer que senti falta de uma divulgação mais dedicada pois eu nem fiquei sabendo que não apenas o primeiro mas o segundo volume já foram traduzidos. Os livros saíram pela Globo Alt e o primeiro tem o título de A Fúria e a Aurora.

– Não há ninguém com quem eu prefira ver o amanhecer do que você.

Recomendo muito a leitura para quem está em busca de um livro bem escrito e com diversidade. É um daqueles livros que as páginas passam voando e que parece que um filme se passa em sua mente enquanto você lê e os personagens permanecem com você mesmo depois que o livro acaba. E para quem notou alguma semelhança, o livro foi inspirado em As Mil e Uma Noites!

Acompanhe o Prateleira de Ideias nas redes socias:

facebook | instagram | youtube | goodreads

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s