Alerta de Risco é um livro com 24 histórias escritas pelo autor ao longo de sua carreira.

Na excelente introdução do livro o autor nos presenteia com alguns comentários acerca da origem de cada conto e também menciona que apesar de acreditar que coletâneas de contos devem ter um tema em comum, não é o que acontece em Alerta de Risco. Detalhe para o título, que também é explicado pelo autor na introdução: o alerta é como os que existem pela internet, quando há um conteúdo forte, seja em um vídeo, imagem ou até em algo escrito. É uma maneira do autor dizer para seus leitores que há coisas que podem perturbá-los dentro daquelas páginas e de reafirmar que o alerta está dado portanto cada um pode se aventurar por sua própria conta e risco.

20161018_154058

Amo essa citação do livro!

A introdução do livro por si só já é uma coisa, mas a prova de que o autor consegue escrever sobre qualquer coisa está no poema Fazendo uma Cadeira, onde além de detalhar o processo de montar o objeto o autor o compara ao ato da escrita. É um poema curto, porém muito bem escrito e um dos meus favoritos do livro. De fato fiquei feliz em constatar que neste volume encontrei doze novas histórias favoritas (contando com este poema da cadeira) e comentarei brevemente cada uma a seguir.

Detalhes de Cassandra – Algo imaginado se torna real e contém uma plot twist MARAVILHOSA. Esse provavelmente é meu conto favorito do livro todo.

20161018_154047

Às profundezas de um mar sem sol – Não sei bem comentar esse sem dar spoilers, mas é maravilhoso e tem uma reviravolta INCRÍVEL.

História de aventura – o título é bem descritivo. É curto e bom.

Um calendário de contos – este é praticamente um bônus porque são doze mini histórias em uma. Janeiro, Fevereiro, Março, Julho e Outubro são meus favoritos.

Caso de morte e mel – Sherlock Holmes encontra Neil Gaiman. Nada poderia dar mais certo. Amei imensamente este conto.

O homem que esqueceu Ray Bradbury – uma homenagem de Gaiman ao autor, um conto bem emotivo e tocante.

Xique-xique Chocalhos – devo parabenizar o tradutor por ter traduzido o título deste conto assim, ficou perfeito. É uma história curta e assustadora, do tipo que sua mente não esquece mesmo muito depois de você ter terminado de lê-la.

Invocação da indiferença – no começo não entendi nada deste conto e estava bem frustrada mais ai tudo fez um click e se conectou perfeitamente. Adorei.

Hora nenhuma – Doctor Who encontra Neil Gaiman. Assisti a apenas cinco episódios da série (e quero vê-la inteira logo) mas nem por isso fiquei confusa ou sem entender o conto de Gaiman. Pelo contrário, mergulhei de cabeça e fiquei com ainda mais vontade de ver a série.

Terminações femininas – um conto sobre estátuas de rua. Nunca mais irei vê-las da mesma maneira.

A Bela e a Adormecida – fiquei tão feliz por este livro estar nesta coletânea, há muito tempo que quero lê-lo. A história é incrível e inovadora e Neil Gaiman conseguiu colocar uma plot twist onde eu menos esperava. É o segundo favoritíssimo do livro todo.

Fiquei feliz de ter gostado de metade do livro, afinal em se tratando de contos bem variados e de diversos momentos da carreira do autor o livro é um mix de diversos estilos de escrita e estilos de história. Ao mesmo tempo que fiquei exultante com os doze que viraram favoritos, também gostei de ter outros doze que não foram tão bons assim. É bom ás vezes perceber que nem tudo que um autor escreve é bom, mesmo ele sendo Neil Gaiman. Dessa forma posso continuar acreditando que ele é apenas humano e não algum alien vivendo secretamente entre nós.

20161018_153957

Acompanhe o Prateleira de Ideias nas redes socias:

facebook | instagram | youtube | goodreads

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s