Carol conta a história de duas mulheres que se apaixonam nos anos 50. Cate Blanchett vive Carol Aird, uma mulher linda e com um ar de etérea, algo quase impossível de descrever, a personagem parece ter sido feita para a atriz. Rooney Mara é Therese Belivet uma mulher jovem ainda cheia de dúvidas a respeito do que quer para sua vida.

Carol é mais velha e mais experiente do que Therese, Carol tem uma filha e está no processo de se divorciar de seu marido. Elal já teve relacionamentos com mulheres antes. Therese é tímida, contida e em certos pontos meio tonta, me incomodei um pouco com a personalidade da personagem, parecia que a todo momento ela estava tentando aprender a como fumar ou a como beber como Carol e no fim do longa não consegui notar um grande crescimento da personagem. As duas mulheres se conhecem em uma loja de departamentos, local onde Therese trabalha e ambas ficam intrigadas uma com a outra, Carol esquece suas luvas e Therese vê na devolução do objeto a oportunidade de ver a misteriosa e intrigante Carol outra vez.

carol-poster

A ambientação da trama nos anos 50 não poderia ter sido feita de forma melhor, as roupas, os cenários, a fotografia, os penteados (o cabelo de Carol!!) tudo está perfeito. A trama aos poucos vai se desenrolando e os sentimentos das personagens desabrocham em uma ardente paixão. A trilha sonora de Carter Burwell é um elemento importante para inúmeros momentos do filme, onde a música casa perfeitamente com o que se vê na tela.

Achei que o desenvolvimento do relacionamento das duas personagens foi um pouco apressado e as personagens não estão em pé de igualdade, é como se Carol ofuscasse imensamente qualquer coisa feita por Therese. Esse desequilíbrio que senti me incomodou bastante. Outra coisa que não gostei foi o título, o filme é baseado no livro “The Price of Salt” da americana Patricia Highsmith, e para mim o filme ter o título de Carol é mais uma afirmação desse desequilíbrio.

Carol é essencialmente uma história de amor. É um filme bonito e que conta uma história boa, mas não sei bem se gostei das personagens ou da forma como o relacionamento delas se desenvolveu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s