Eu estava tão, mas tão ansiosa para ler esse livro, que foi ótimo quando finalmente o fiz e pude confirmar que é um livro ótimo. Estou em uma fase muito Alice, tanto que comprei um livro este mês que é o original de Lewis Carroll, porque quero ler exatamente o que ele escreveu.

10617779_780536695301972_257558860_n

Alyssa vem de uma família amaldiçoada, tudo por culpa de sua tataravó Alice Liddell que caiu na toca do coelho e fez algo ruim o suficiente para que toda sua linhagem ficasse com problemas. Inclusive levando a mãe de Alyssa a uma Clínica de reabilitação mental, que parece ser o futuro de Alyssa já que ela esconde segredos sobre ouvir as conversas de insetos e plantas.Eu simplesmente adorei a personalidade da Alyssa, o fato de ela andar de Skate, seus dreads, suas roupas e o jeito como ela cresce durante o livro.

O Silêncio não é tudo aquilo que eu pensava que seria.

O fato é que sempre que se fala do Páis das Maravilhas (que por sinal soa muito melhor como Wonderland) não é algo bonitinho e fofo, é algo assustador e maléfico, e acho que pra mim isso acaba por se tornar um charme, eu acho muito curioso aquele lugar, acho muito misterioso, como se tivesse algo que não estão me contando sobre ele. E eu gostei muito da forma como a autora interpretou coisas do livro original, e nos explicou de verdade o que elas eram.

Não sei o que me assusta mais: o fato de o plano ser bom e poder dar certo ou meu desejo de que ele não dê.

10622006_780536678635307_1601097178_n

10620975_780540111968297_1140342328_n

Durante sua jornada Alyssa tem a companhia de Jeb seu melhor amigo por quem ela nutre alguns sentimentos a mais. O jeito super protetor de Jeb é adorável e em várias cenas torci para eles ficarem juntos, até que apareceu Morfeu. Quando li a sinopse eu pensei que ele era o chapeleiro, porque usava uma cartola, mas não. Depois pensei que ele era um personagem novo, mas também não. Morfeu é ninguém menos que a lagarta, que acabou por se transformar não em uma borboleta bonitinha, mas em uma mariposa assustadora.

Ele me lembrou todos os personagens ‘errados’ dos quais eu gosto e ficou muito claro para mim que apesar de tudo eu sou totalmente team morfeu porque não tem como não ser. É aquele lance de bad boy que muda pela garota que ama, que apesar de fazer escolhas que pareçam ser as piores, no final sempre tem um motivo e uma explicação. O melhor é que Alyssa muda quando esta perto dele, ela fica mais forte, mais destemida, como alguém que ela sempre quis ser, ela fica mais como alguém que parece nascida do próprio País das Maravilhas.

Seus cílios se fecham como que em êxtase por dois segundos. Depois, seus olhos de tinta se abrem e me engolem inteira.

10614907_780538391968469_33711435_o

Achei esse cara muito parecido com o John Green ♥

 

10615714_780540051968303_1480793495_n

Devo dizer que não esperava a plot twist desse livro, realmente fiquei surpresa positivamente e mal posso esperar para o desenrolar da história no próximo volume. E também espero que Alyssa faça algumas escolhas melhores (estou me segurando para não dar spoilers). Mas mesmo assim o final foi daqueles que é ótimo e ao mesmo tempo me fez querer chacoalhar os ombros da Anita Howard é dizer ‘porque você fez isso?’. 

Fotos: Susan Cruz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s