Louras Zumbis – Brian James

Louras Zumbis é bem o que o título promete, o título é bem literal com relação aos zumbis. Não é uma analogia a louras burras ou qualquer coisa assim, são zumbis mesmo. Apesar de não haver muita carnificina como pode ser o esperado, o livro é bem curtinho e simples e pode ser apreciado em uma tarde.

Sinto que fica para trás um pouquinho de quem eu era em cada casa que deixamos vazia. Espalho pedaços de mim por várias cidades.

Hannah Sanders é uma garota que se muda muito, na verdade é o que ela mais faz já que seu pai costuma não pagar o aluguel e arruma algum problema,assim eles tem que se mudar ás pressas, não ficando muito tempo no mesmo lugar, chegando ao recorde de uma única semana em uma cidade. Isso proporcionou diversas mudanças de escola para ela também, e dessa forma ela pôde analisar muito bem os grupos sociais. Ela sempre sabe quem são os populares, depois só resta decidir se quer se juntar a eles ou não, mas apesar de tudo Hannah está cansada dessa vida, ela quer ficar em um lugar e poder fazer amigos e ter uma vida normal, o que na verdade ocorreu em sua última cidade, mas que seu pai deu um jeito de estragar, como sempre.

Maplecrest é uma cidade muito, muito pequena, na verdade a maioria das casas estão a venda e os comércios todos abandonados, como se de uma hora para outra as pessoas decidissem que não valia mais a pena morar lá. Logo no primeiro dia de aula ela avista as populares, não sendo muito difícil identificá-las, todas louras, magras, perfeitas e o centro das atenções. Mas elas escondem um segredo, de acordo com Lukas, o único amigo de Hannah.

Mas esse é o lado ruim de manter falsas esperanças: você começa a acreditar que um milagre pode acontecer, e aí dói muito quando o sonho acaba.

DSC02255

O enfoque da narrativa foi na verdade o descontentamento de Hannah com as mudanças, e com a falta de atenção do pai, e com a vontade de ser popular, ou seja seus dramas adolescentes. E apesar dos avisos de Lukas sobre as garotas serem loucas, e pior ainda zumbis, Hannah não dá a minima. Isso me irritou um pouco, porque depois de certo tempo parecia mesmo que elas não eram normais. Há um pequeno romance entre Hannah e Lukas, mas nada que se desenvolva muito, afinal Hannah sabe que ele gosta dela, então ela acaba sempre dando risada de suas investidas.

Apesar de muito previsível a história conseguiu me surpreender no final, mesmo que de forma negativa, eu me irritei muito com o final, e fiquei uns segundos encarrando a página na esperança de que não fosse aquele o desfecho da história. Pode não ser o melhor livro do mundo, mas é um bom passatempo, aquela típica leitura para descontrair e até dar algumas risadas e alguns sustinhos. E não posso me esquecer de mencionar que a capa é linda, mas se você olhar muito é meio… assustadora.

Editora: Galera Record

Autor: Brian James

Título Original: Zombie Blonds

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s