Preciso começar a resenha dizendo que eu esperava mais desse livro, não sei talvez eu tivesse com muitas expectativas mesmo ou por ser um único livro sem continuação ele teve que ser mais simples ou sei lá. Não que seja um livro ruim, não é, mas quando terminei de ler eu queria mais. April, May e June são três irmãs, de dezesseis, quinze e quatorze anos respectivamente, elas acabaram de se mudar para uma cidade nova, porque seus pais se divorciaram, ou pelo menos é isso o que seus pais dizem, mas April sabe muito bem que o motivo principal foi May ter ficado bêbada em uma festa a ponto de não conseguir nem voltar para casa.

É exatamente como é, às vezes. As coisas machucam, e machucam por muito tempo. Você tem que lutar, ou elas ganham.

DSC01344

Cada capítulo é narrado por uma das irmãs, então isso deu uma boa noção de como elas pensam a respeito da família, da mudança, e das próprias irmãs. E assim meio do nada elas “percebem” que tem super poderes. April começa a ter sonhos malucos na cor vermelho, e logo todas as vezes que ela olha para uma pessoa no começo de cada dia ela vê o futuro daquela pessoa. May pode ficar invisível, e June pode ler os pensamentos das pessoas. No começo elas meio que surtam com isso, mas acaba que elas se adaptam, usando seus poderes para “consertar” as coisas que dão errado em suas vidas.

DSC01349

Qual é o ponto de chorar, se você não pode sequer ver as lágrimas?

Como cada uma narrava um capítulo pude entender o lado de cada uma delas, May está sempre sozinha e tentando fugir da realidade, porque ninguém se importa com ela. June esta no primeiro ano do ensino médio e é a tipica garota que faz de tudo para ser amiga dos populares. E April é a garota nerd que está sempre cuidando de suas irmãs por ser a irmã mais velha.

Porém a vida não é um mar de rosas, e logo as coisas começam a dar errado. May tem dificuldade em controlar o momento em que “desaparece” ou seja ela pode estar falando com alguém  e puf. June começa a ter dores de cabeça terríveis, porque muitos pensamentos se embaralham em sua mente. E April? Bem digamos que ter uma visão de um acidente onde tudo que ela consegue ver é um vislumbre de suas irmãs enquanto escuta a sirene da emergência não é algo muito legal. Logo tudo o que as três conseguem fazer é brigar e ficar cada vez mais distantes umas das outras.

Eu gostaria te ter ficado no cinema, onde eu poderia ter, pelo menos, um pouco de pipoca junto com meu drama.

É um livro bem curtinho, mas gostei do desenrolar da história, porque elas começam como irmãs “normais” digamos assim, mas o relacionamento delas vai evoluindo a ponto de elas perceberem o quanto é importante a amizade, principalmente com suas irmãs. No fim elas acabam descobrindo que mais do que ser extraordinária por ter super poderes, elas são extraordinárias por terem umas as outras.

Eu acho que mesmo quando você pode ver tudo, algumas coisas serão sempre uma surpresa.

Hoje eu e a minha mamacita fizemos um bolo de maçã, e aqui vocês podem ver ele pronto!

Yummy! Estava muito bom! (:

Autor: Robin Benway

Editora: Razor Bill

Título Original: The Extraordinary Secrets of April, May & June

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s