Divergente – Veronica Roth

Queria começar a resenha dizendo que ouvi muitos e muitos comentários comparando Divergente com Jogos Vorazes por terem a capa parecida, mas principalmente por serem romances futuristas distópicos. Para tudo. Odeio quando fazem comparações assim, primeiro porque podem ter o mesmo “assunto” se tratando de coisas futuristas, mas esses dois não são os únicos livros assim. Jogos Vorazes é uma arena, morte, loucura e desespero para sobreviver. Divergente antes de ser uma guerra e afins, é uma luta contra o sistema, contra as imposições e classificações, ele nos faz questionar o sistema em que vivemos, enfim até as personagens principais são muito diferentes, enquanto Katniss enfrenta a realidade difícil de passar fome e ter que torcer todo ano para não ser escolhida para os jogos, Tris está se descobrindo antes de tudo, aprendendo a viver. Também tem o fator de que eles foram publicados em períodos bem diferentes, Jogos Vorazes saiu em 2008, enquanto Divergente em 2011. Enfim eu poderia escrever um post todo dizendo o quão nada a ver são essas comparações e que cada livro tem seu próprio brilho, sua história, e para mim cada um é bom a sua maneira.

Os seres humanos de uma maneira geral, não conseguem ser bons por muito tempo antes que  mal penetre novamente entre nós e nos envenene.

DSC01176

 

Somos apresentados a realidade de Tris onde a sociedade é bem dividida entre cinco facções, Amizade, Abnegação, Audácia, Erudição e Franqueza. Ao completar dezesseis anos todos os jovens passam por um teste que determina a qual facção eles combinam mais e depois na cerimônia de escolha eles oficializam a escolha da facção a qual vão pertencer pelo resto de suas vidas. Mesmo que isso signifique deixar suas famílias para trás, afinal facção vem antes do sangue. Achei que a Tris aprendeu muito depois da escolha de sua nova facção, porque ela estava cansada de ser reprimida e de não poder fazer suas próprias escolhas, de não poder viver então essa escolha expandiu seu mundo, sobre o que ela via, como ela via e como fazia, ela finalmente estava no total controle de sua vida, sem depender de ninguém.

Mas é claro que as coisas não iam ser tão simples assim, Tris é divergente, isto é no seu teste não foi possível determinar uma única facção indicada para ela ir, ela “pertence” a três. Abnegação, Audácia e Erudição. E essa escolha mudará tudo, porque divergentes não são aceitos na sociedade,e esse é apenas um dos segredos que Tris terá para guardar. E o que falar do Quatro? Um dos instrutores da iniciação por assim dizer, ele logo se torna intrigante para Tris, afinal qual é seu verdadeiro nome? Porque ele esta tentando ajudá-la ?

Deve exigir coragem para ser honesto o tempo todo.

Achei que a escrita do livro é muito fácil e bem simples de ler, por isso que apesar da grande quantidade de páginas você lê bem rápido. Também gostei que por ser em primeira pessoa eu consegui me identificar mais com a Tris, sentir o que ela estava sentindo e descobrir o que ela descobria, na maioria das vezes eu prefiro livros narrados pelo personagem, porque eu consigo ter uma noção muito boa da realidade do que eles passam, me sinto parte da história.

No fim como a maioria dos livros futuristas e distópicos sempre tem uma conspiração por trás, e na hora em que a verdade é revelada, e você fica sem fôlego, acaba tudo e o resto só vem no próximo volume. E logo no final que as coisas começam a ficar boas, onde os tiros começam, tudo para. Já fiquei super curiosa para ler Insurgente. Depois que terminei de ler me deu aquele vazio, aquela saudade do livro, saudade da Tris que acabou se tornando minha amiga. Divergente foi uma estreia muito boa para Veronica, com os direitos do filme já adquiridos e as gravações já iniciadas, Divergente tem previsão de chegar aos cinemas em maio de 2014.

Eu sou egoísta. Eu sou corajosa. Eu sou divergente.

DSC01180

DSC01188

Editora: Rocco

Autor: Veronica Roth

Título Original: Divergent

Anúncios

4 comentários sobre “Divergente – Veronica Roth

  1. Parabéns pelo blog!!!! E obrigado por escolher o nosso café como fundo pra uma de suas fantásticas resenhas. Be welcome anytime!!! Cheers Katelen.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s