Para começar tenho que dizer que a minha relação com este livro foi de amor e ódio, houve momentos em que eu o amava e estava viciada, e em outros eu tive que me esforçar para ler, porque já não aguentava mais. A narrativa de John é muito boa, e existem milhões de quotes favoritos marcados no meu livro, mas e outros momentos eu fiquei muito irritada com as explicações etc, enfim eu adorei muito o livro, mas em alguns momentos é meio chato.

DSC01083

Somos apresentados a Colin, um garoto nerd prodígio, apesar de que segundo o livro gênio e prodígio são coisas diferentes, enfim, assim que comecei a ler fiquei com a impressão de que John é muito parecido com seu personagem, de qualquer forma Colin tem um estranho vicio para namoradas, e não é um vicio do tipo aparência, ou qualquer outra coisa “normal”, o vicio de Colin é com nomes, mas especificamente falando o nome Katherine, ele namorou 19 Katherines e todas elas, sem exceção chutaram ele, mas mesmo assim acho que ele parece ser muito legal, apesar de sua estranha mania de criar anagramas para qualquer palavra que escuta, ele parece ser um cara divertido, uma especie de gênio incompreendido ou sei lá.

É possível amar muito alguém, mas o tamanho do seu amor por uma pessoa nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela.

Recentemente largado pela Katherine xix Colin decidiu fazer um teorema para comprovar a possibilidade de sucesso, ou não, de relacionamentos, baseando-se em suas experiencias com términos. Ele cria diversas teorias, a dos terminantes e terminados, diversos gráficos, enfim uma loucura matemática, e por incrível que pareça no final do livro ha uma comprovação de toda essa teoria feita por um matemático famoso amigo de John!

O livro esta repleto, mas quando digo repleto me refiro a muito mesmo, de notas de rodapé, qualquer coisa singular, ou coisas sem utilidade, ou com utilidade mesmo, esta explicado e descrito nas notas muito divertidas. Alem disso em meio os momentos vividos no presente, temos também as narrações do passado de Colin, com cada uma das namoradas desde o inicio ate o termino.

Enfim, voltando, Colin acabou de ser largado pela Katherine 19 logo no primeiro dia depois do fim do ensino médio, então ele decide fazer uma viagem sem destino com seu melhor amigo Hassan, o que falar dele, aquele amigo que te xinga muito, mas que no fundo esta com você nas, melhores e nas piores horas, inclusive te tirando da fossa hahah, eles partem então rumo ao nada, mas acabam por parar em uma cidadezinha chamada Gutshot, onde eles conhecem Lindsay, e ai a historia da uma boa acelerada, enfim o livro é muito muito bom, eu ainda não tinha lido nenhum do John Green antes, mas gostei muito mesmo, ele é bem como o Colin nerd, mas ao mesmo tempo bem humorado e ate charmoso.

Sei que no fim fiquei com a minha conhecida depressão pós livro perfeito, eu senti muita falta dos “meus” personagens, isso significa que o livro me marcou e tenho certeza de que sera relido muitas e muitas vezes.

Os Cupcakes são da Isabella Vasconcellos, e eu adorei tanto o lugar que vou fazer um  outro post com mais fotos lá aguardem.

Deixo aqui mais quotes que eu adorei.

“A eternidade ordena a ti que esqueça”

Porque ficamos acordados a noite toda na caverna secreta injetando cobertura de bolo na veia.

Qual é o sentido de estar vivo se você nem ao menos tenta fazer algo extraordinário?

(…) e ficou se perguntando simplesmente como algo que não está lá pode causar tanta dor em alguém.

Os livros são o melhor exemplo de Terminado: deixe-os de lado e eles o esperarão para sempre; dê-lhes atenção e sempre retribuirão seu amor.

Mas o risco de ser capaz de conquistar qualquer pessoa,é que você pode acabar escolhendo as pessoas erradas.

Eu serei esquecido, mas as histórias ficarão. Então, nós todos somos importantes – talvez menos do que muito, mas sempre mais do que nada.

Não acho que nossos pedaços perdidos caibam mais dentro da gente depois que eles se perdem.

Ele pensou na distância que há entre o que lembramos e o que aconteceu, na distância entre o que prevemos e o que vai acontecer, (…) não se pode impedir o futuro de acontecer.

Editora: Intrínseca

Autor: John Green

Título Original: An Abundance of Katherines

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s